A História de hoje mostra como um negócio de um jovem casal que foi criado como um Plano B passou rapidamente a Plano A.

Meu interesse por essa história começou quando estava andando no calçadão da praia e vi um rapaz passeando com 4 cachorros. Eles estavam todos tranquilos, e pareciam estar em perfeita sintonia com ele. Fiquei observando por um bom tempo todo o carinho e paciência que tinha com os bichinhos, e fiquei mais impressionada ainda porque tenho dois cachorrinhos da raça Daschund e fico muito estressada e cansada quando acabo o passeio por não conseguir conter a ansiedade deles quando vão a rua.

Com a mania de ouvir histórias de muitas pessoas aqui no 1000 ideias, não pude resistir e quando cheguei em casa comecei a fazer minha pesquisa diária a procura de talentos empreendedores na área de passeios com cães, mais conhecidos como DOG WALKERS e me deparei com a história do Pedro. Marquei logo uma entrevista e ele me atendeu super bem!

O nome dele é Pedro, e quando conversamos me contou que hoje faz faculdade de ciências sociais na UFF, mas já trabalhou  em um escritório jurídico na época que fazia direito, em casa de festas infantis, fazendo bico de garçom, restaurante japonês, e tudo que pudesse render algum dinheiro porque desde muito cedo queria ser independente.

16359084_261807027585816_1807467749_n.jpg

Contou que há mais ou menos 1 ano, em 2016, se casou com a  Gabi (que já trabalhou em um escritório de contabilidade e numa transportadora) e juntos concordaram que queriam ter um negócio próprio, que desse a eles a liberdade de ter horários flexíveis, e uma melhor qualidade de vida. Pedro conta um pouco decepcionado: ” Nós vivemos num sistema capitalista que visa apenas o lucro, não olham o ser humano que está ali exercendo sua função, isso sem contar as horas de deslocamento em transporte público lotado que te fazem perder quase o dia inteiro.  As pessoas estão trocando os melhores momentos de suas vidas por salários incompatíveis e não tem coragem de mudar”.

Foi então que juntos, tomaram a decisão de empreender e decidiram que era hora de mudar. Fundaram a Dog Walkers um plano B, investiram em 5000 panfletos, e começaram a divulgar seu novo trabalho nas redes sociais. Arregaçaram as mangas com muito entusiasmo e começaram a trabalhar.

16409251_261807030919149_2035672054_o.jpg

Foi um sucesso! Somente os dois trabalhavam, o que diminui muito os custos do negócio de forma que praticamente o que entrava era lucro, minimizando muito os riscos de perderem dinheiro na nova empreitada.

Basicamente o negócio é simples: eles agendam os passeios com os donos dos cães e os pegam em casa normalmente para um passeio de 50 minutos de duração. “Assim, os donos dos cachorrinhos não ficam com seu tempo apertado e ao mesmo tempo garante que seu melhor amigo vai estar fazendo exercícios e recebendo o carinho e a atenção que ele merece”. completa.

16359296_261807587585760_122097203_n.jpg

O serviço de Dog Walker  é a solução ideal para quem está sem tempo de passear com seu amigo de quatro patas e durante cada passeio, seu cãozinho estará fazendo atividades físicas, se divertindo e explorando ambientes mais amplos, refletindo em pouco tempo na saúde física e mental dele que terá menos chances de desenvolver obesidade. Pedro completa dizendo: “Os músculos e ossos dos seus Pets,  ficarão mais fortalecidos, sofrerá menos com estresse e ainda aprenderá a ser mais sociável com outros animais “.

Há pouco mais de 1 mês eles tiveram um filho, e Gabi não estava mais podendo ajudar na Dog Walker, mas a veia empreendedora deles falou mais alto e ela começou a fazer artesanato para vender, e já começou a ter encomendas de amigos e nas suas redes sociais. Quem sabe em breve não estarei contando sua história aqui também!.:-)

16425371_261807634252422_1608516468_n.jpg

Pedro esta cursando a faculdade e agendando passeios pelo Dog Walker para as horas que não estuda. Ela esta cuidando do bebe e vendendo seu artesanato. Toda a renda deles vem desses trabalhos e já tratam a Dog Walkers como o plano A.

Estão apenas no início do negócio deles, mas do jeito que estão crescendo sabem que o futuro é promissor.

Quando pergunto o que ele acha do momento atual do empregado brasileiro ele diz: ” O que tenho percebido é que cada vez mais as pessoas tem acordado pra essa realidade, acho que antigamente as pessoas pegavam qualquer emprego e nem se questionavam, hoje estão pensando mais se é isso mesmo que querem, não aceitam qualquer coisa, estão estudando e se qualificando cada vez mais antes de se lançar pro mercado de trabalho ou empreender”.

16359293_261811430918709_3329444_n.jpg

Pergunto se está valendo a pena ele diz: ” Tenho certeza que estamos no caminho certo para preencher todos os nossos horários e temos certeza que nosso bom trabalho vai trazer os clientes necessários em breve. Mas já está valendo muito a pena, poder curtir minha família e ter mais tempo pra viver sem estresse e cobranças de pessoas insensíveis!”.

Anote os contatos deles:

16426745_261807020919150_1527385036_n.jpg

 

 

Anúncios