Sabe aquelas pessoas sempre felizes e que transmitem só coisa boa? Imagine ter uma professora assim… Seria perfeito não é? E se fosse uma professora de redação que tivesse o Dom de fazer quem odeia escrever, rever seus conceitos e, além de começar a gostar de ler se arriscasse na produção de textos? Tive o prazer de conhecer uma professora assim e  que ajudou minha filha a entrar numa Universidade Federal!

0952d082-23a8-4bd5-970b-a294e0ff0490.jpg

O nome dela é Angélica, uma das melhores professoras de Redação que conheci, principalmente por que seu trabalho não envolve só os textos em si, como também a valorização da auto estima e o despertar da motivação de cada estudante, que tem a sorte de passar por suas mãos.

Como todo professor que trabalha em nosso País, Angelica também trabalha em mais de uma escola para sobreviver. Desde o início de sua carreira, achava que o aprendizado da Língua Portuguesa passava pelo prazer e a emoção, e era uma apaixonada por textos.

1aa20136-515c-48da-b5dc-fb82616e92c8.jpg

Estudou muito e se especializou. Começou sua vida acadêmica no colégio Aplicação da UERJ, depois fez especialização na UFF em produção de textos e pretende ano que vem fazer um mestrado nesta área.

Acho que Angelica personifica uma frase linda do Paulo Freire que diz: “Ensinar não é transferir conhecimento e sim criar possibilidades de apreensão.”  E é isso que ela faz com maestria. Ao Ensinar, procura em cada aluno sua capacidade de apreender! E aprende com eles! E os ensina de volta… Num círculo sem fim.

2635e318-d401-4944-8e2e-72e25d1e5f44.jpg

Desde 2006, Angelica tem a sorte de trabalhar na escola que escolhi para educar meus filhos. Seu nome é AEN (Associação Educacional de Niterói), onde teve a liberdade que precisava para desenvolver seus projetos e conta: ” A AEN era uma escola diferente e que me fez sentir educadora efetivamente. Lá tive a oportunidade de trabalhar com uma equipe de direção, coordenação e professores sensacionais, e pude implantar muitos projetos que idealizava enquanto ainda estava na Universidade“.

90177af0-4805-4be8-911a-baa4a282d510.jpg

Fica difícil esconder o quanto sou fã dela. Senti na pele o que era ter uma filha que não acreditava que seria possível entrar para engenharia numa Universidade Federal sem uma boa nota em Redação (pura realidade!), que se sentia um fracasso nesta área e que, depois de cada aula, voltava mais confiante e motivada. Resultado? Hoje ela cursa Engenharia Química na UFF, e com certeza sua nota acima de 8 em Redação foi fundamental!

c462ef4e-11ae-433a-95af-6295cda53204.jpg

Ela poderia se acomodar como faz a maioria dos professores que lecionam no Brasil, e continuar trabalhando numa escola que , na maioria das vezes se preocupa apenas com o currículo, enterrando entre suas paredes professores apaixonados e que tem muito mais para dar!

Além das escolas, foi nas aulas particulares que Angélica encontrou sua maior motivação. Poder estar mais próxima de seu aluno, entendendo suas necessidades e atuando diretamente na sua auto estima é o que a faz continuar e querer mais de sua profissão.

Tudo começou com a oportunidade que teve de trabalhar em um curso de produção de textos, desde 2009, onde ela tinha mais liberdade para guiar seus alunos no mundo da produção de textos.

Em 2016, a dona desse curso,  precisava sair da cidade e mudar de estado e ofereceu a ela, uma carta de recomendação para todos os seus alunos, para que continuassem o curso. Angélica então resolveu agarrar a oportunidade e abrir seu próprio curso.

349c739a-385b-4d2e-b033-64145d65e3f2.jpg

Quase 4 meses depois da difícil decisão, ela ainda divide seu tempo entre o curso e as 3 escolas, mas está colocando, pela primeira vez na vida, seu sonho como meta. Começou pequena e com 2 turmas de 5 alunos. Sabe que turmas reduzidas levam a resultados mais eficazes.

Sabe que o crescimento mais lento, lhe dará tempo de consolidar melhor seu método, e não tem pressa. Pensa também em implementar uma nova tendencia de curso cooperativista, onde outros professores dividem o espaço e quer reunir profissionais apaixonados por ensinar, num projeto multidisciplinar focado no aluno.

Aqui no 1000 Ideias, fico sempre a procura de histórias inspiradoras e que façam refletir. Angélica não é uma professora que precise se esconder atrás de uma escola, vivendo uma vida sem graça e tendo que seguir um método de ensino ultrapassado, que nem ao menos acredita. Ela sabe que pode alçar voos mais altos e esta correndo atras de seus sonhos.

Se você também se sente assim… Tolhido nas suas ideias, sem reconhecimento… Escondido atras de uma empresa que nem sabe que você existe, comece como Angelica fez. Pense num plano B, estude, se prepare e vá em busca de seus sonhos.

CONTATOS DA ANGELICA

3524cdab-7108-4010-ac49-fb1771c8e0f4.jpg