Todos os dias recebo ideias inspiradoras de pessoas que entenderam que a vida, pode ser muito melhor quando se busca a Felicidade. A história desse homem é umas delas. Ele fundou uma editora para renascer como Escritor! Aos 50 anos, não queria mais adiar seus sonhos, interrompeu uma carreira de sucesso e decidiu ser Feliz e realizado!

O nome dele é Celso Possas Junior. Economista, Pós graduado em Marketing, trabalhava há 32 anos na área de navegação, como executivo de comércio exterior. Nas suas horas vagas e finais de semana escrevia. Desde pequeno devorava livros e com o apoio de seu pai, que alimentava sua paixão, viajava nas histórias dos mais diversos autores e seus universos fantásticos.

18814268_1136626279816323_1207061019811111188_n.jpg

Cresceu. Construiu uma carreira de sucesso e era feliz no seu trabalho, mas estava longe de sua realização profissional. Sua vontade de contar suas próprias histórias foi fazendo parte de sua vida, e como um escritor de fim de semana foi vendo que os momentos em que deixava sua imaginação fluir e escrevia, eram muito melhores do que aqueles que usava em seu trabalho.

Tentou editar seu primeiro livro, mas não conseguia tempo suficiente para tirar esse projeto do papel. Traçou uma meta de ser escritor e editor de seus livros, até 2021. Esse era seu plano inicial, quando ainda era executivo e comandava mais de 130 pessoas.

19029687_1139468426198775_678064366270709759_n.jpg

A vida foi passando e em 2016,  fez 50 anos. Com a idade emblemática veio a certeza de que precisava ser feliz. Não queria mais ficar adiando seu sonho de ser escritor, com desculpas como a falta de dinheiro, tempo ou metas de longo prazo.  O Futuro tinha que ser agora… Tinha a certeza de que era hora de mudar! E mudou…

Com a atitude e determinação que geralmente definem histórias inspiradoras, na contramão do que a sociedade define como politicamente correto, pediu demissão e abriu mão de um excelente salário. Fundou a Editora Itapuca, onde seus sonhos poderiam começar a tomar forma.

Sua intenção era produzir seus próprios livros e os de alguns novos autores, para que não fosse conhecido como uma editora de um autor só. Mas particularmente acho, depois de conhecer o Celso, que esta iniciativa de ajudar novos autores, tenha sido uma maneira inconsciente de  homenagear o jovem escritor cheio de sonhos, e histórias pra contar, que viveu nele durante anos… adormecido!

19894907_1164402193705398_4244995185722035082_n.jpg

Antes de tomar a resolução de empreender no ramo editorial, sabia que precisava se preparar e estudou muito. Fez cursos na PUC, UNESP, presenciais e on line, todos na busca de se especializar e ter sua própria Editora. Aprendeu mais sobre todas as etapas que envolvem a produção de um livro, além de expandir seu conhecimento para se tornar o escritor que queria ser. “Estou muito satisfeito com todo meu esforço e estudo para me tornar um escritor profissional, porque desde o primeiro livro que lancei, há 1 ano, houve uma evolução muito grande como escritor, e meus textos estão ganhando outra dimensão”, conta.

Quando pergunto se ele se arrepende das escolhas que fez quando resolveu deixar uma carreira consolidada para dar vazão ao escritor e empreendedor  que é hoje, ele diz: ” Foi uma mudança realmente drástica, costumo dizer que vou dormir preocupado com o dinheiro, mas acordo muito feliz porque vou trabalhar com aquilo que realmente eu amo fazer”.

19657289_1160369427442008_6183170813642965498_n.jpg

Celso conta que é separado e que seus filhos tem sido fundamentais na forma que o estão apoiando neste reinício. Recebe todo o amor e apoio que precisa nesta caminhada. Por coincidência, sua filha que cursava Publicidade procurava um estágio,  e acabou sendo a primeira contratada de sua empresa. Ela é a responsável pelas redes sociais e divulgação da editora e está se saindo muito bem.

 

Quando abriu sua Editora, definiu seu plano de negócios em 4 fases. Na primeira, usaria seu capital inicial para editar de 4 livros próprios num período de 1 ano além de apoiar alguns livros de escritores iniciantes. Foi um suces18839277_1137412349737716_2980405799546845282_n.jpg

Hoje está na segunda fase, em que o resultado com o investimento dos primeiros livros esta conseguindo bancar as novas produções, ou seja, não precisa injetar dinheiro na produção de um novo livro, e o que arrecada com os primeiros livros, é usado para lançar os novos.

A terceira fase, foi projetada para durar o tempo suficiente para que a renda com a produção total da editora, banque a produção de 6 a 8 livros por ano. Pretende conseguir chegar nesta fase em 2 a 3 anos.

19225179_1147859995359618_8914681370885295377_n.jpg

Numa quarta e ultima fase, pretende que a Editora entre num modo automático, com o crescimento do volume de negócios gerados. Somente nesta fase o Editor começa a ser remunerado (até então só empregados e autores recebiam). Sua previsão é que isso deve acontecer quando a Editora tiver de 20 a 25 livros lançados e de 35 a 40 e-books.

Sabe que é um projeto muito difícil e que muitas editoras estão fechando no Brasil. Mas tem certeza de que esta vivendo seu sonho e seu amor pelo que faz vai ser o combustível que precisa para levar sua editora ao patamar que pretende. Trabalha muito mais do que quando era executivo, mas nunca foi tão feliz!

17457294_1083410055137946_712363085546300247_n.jpg

Eu imagino a dificuldade que as pequenas Editoras tem de entrar num mercado tão competitivo, onde centenas de títulos são lançados todos os anos. Distribuir seus livros através das grandes livrarias tem sido um árduo caminho,  editoras pequenas encontram dificuldades na distribuição por este canal. Mas hoje, depois de muitas dificuldades, consegue distribuir seus livros através de mais de 40 livrarias, e contratos recentes sinalizam que este número só tende a crescer.

Celso me explica que este é o lado ruim da distribuição, mas conta que o lado bom envolve a Multicanalidade: “Antes as editoras só tinham um canal de distribuição para seus livros: a livraria! Hoje, podemos vender de muitas outras formas. Participar de Feiras e eventos,  são tão importantes que respondem por até 40 % das nossas vendas”.

17265287_10210171608185748_7464660487333570321_n.jpg

Com pouco  mais de 11 meses, 5 livros impressos e 2 e-books, sua Editora Itapuca conseguiu contratar, mesmo em um momento de crise no país, mais de 17 pessoas ou prestadores de serviços. Profissionais como: Capistas, revisores, gráficas, assessorias de imprensa, embalagens, leitora crítica, são envolvidos no processo de criação de um livro.

Isso o fez pensar: ” Se com tão pouco tempo de estrada, consegui impactar a vida de tantos profissionais que estão começando, imagina quando a editora crescer, e puder envolver mais e mais pessoas. É fantástico poder fazer parte de uma rede colaborativa de pessoas que trabalham com a mesma finalidade: criar livros!”.

Sua vida esta tão mais plena, que sobra tempo para um novo integrante na família. Acabou de adotar uma cachorrinha que deu o nome de Vivi (homenagem a um personagem do livro que vai lançar em breve). Uma marca muito interessante também do escritor, é a homenagem que faz a Niterói. Em todos os seus livros a cidade aparece, de alguma maneira.

20476473_10211410100747288_1082849109917290029_n.jpg

Parabéns Celso por sua história. Foi preciso coragem para começar sua caminhada, e perseverança para continuar nela. Mas você tem o que mais importa… a felicidade de acordar todos os dias e se sentir realizado!

Sua história é pura inspiração! Dessas que me impulsionam a continuar fazendo o que eu faço. Obrigada por compartilhar seus sonhos com a gente.

13754488_901390170006603_994464780871644787_n.jpg

CONTATOS DA EDITORA ITAPUCA

FACEBOOK:  facebook.com/editoraitapuca

SITE:  http://www.itapuca.facileme.com.br

INSTAGRAM: celsopossasjr

TELEFONES:  21-2711-3101 e 21-97026-4994